dieta para ganhar massa muscular: o que consumir?

dieta para ganhar massa muscular: quais são as estratégias?

Muitas pessoas que buscam a hipertrofia pegam pesado na musculação, mas acabam se esquecendo da importância da alimentação para ganhar massa muscular. Seguir uma dieta para hipertrofia é tão importante quanto levantar pesos. O recomendado é sempre consultar um nutricionista para uma orientação individualizada, no entanto, algumas dicas para ganhar massa muscular podem valer para todos.

como ganhar massa muscular?

Os melhores resultados para o ganho de massa eficaz são conquistados por um tripé: alimentação, treino e descanso. Sim! Deixar o corpo se recuperar daquele treino pesado é muito importante para a reparação e construção dos músculos.

Uma dieta para ganho de massa muscular precisa ter proteína, carboidrato e lipídio. A proteína deve ser consumida em todas as refeições, pois são elas que fornecem os aminoácidos que atuam como “tijolos” para a construção dos músculos. Priorize as proteínas de alto valor biológico, pois elas contêm todos os aminoácidos essenciais – aqueles que não são produzidos pelo organismo, devendo ser obtidos pela alimentação. De acordo com as Diretrizes da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, a recomendação de proteína para quem pratica exercícios de força é de 1,six a 1,seven gramas por quilo de peso por dia.

O carboidrato é a fonte principal de energia para o corpo, pois é partir dele que o glicogênio muscular é mantido durante a atividade fileísica e no pós-treino. Se houver deficiência de carboidrato na dieta, o corpo irá utilizar as proteínas para conseguir energia, ou seja, haverá prejuízo no ganho de massa muscular. Existem dois tipos de carboidrato: os de baixo e os de alto índice glicêmico. O primeiro tem absorção mais lenta e não causa pico de glicose no sangue, já o carboidrato de alto índice glicêmico é rapidamente absorvido, gerando esse pico.

Outra fonte de energia para o organismo é o lipídio que, além disso, também está envolvido na produção da testosterona, importante no processo de crescimento muscular. Vale lembrar que o recomendado é o consumo das gorduras mono e poli-insaturadas, provenientes, em especial, de fontes vegetais e de peixes.clique aqui

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *